Ainda não obteve resposta
CTT - Atraso de encomenda
Reclamação     636714
Apresentada em 31 de janeiro de 2014, por jose rosendo silva.
Motivo da Reclamação: Atraso de Entrega

Foi enviado da suissa no dia 10-01-2014 uma encomenda com o nº RC922180051CH .Teve receção internacional em Lisboa em 16-01-2014 foi selecionada para controlo aduaneiro em23-01-2014 e por lá mora.
Que se passa?

594

Ainda não obteve resposta

Comentários (3)

  • avatar
    TIGER Esta é daquelas reclamações espectaculares...

    Antes de vir para aqui escrever, já contactou mesmo os serviçõs dos CTT?

    Informação ViaCTT
    Linha de Apoio ViaCTT 707 20 20 16
    Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 24h (preço máximo da chamada é € 0,10 por minuto para chamadas originadas nas redes fixas, e € 0,25 por minuto, para chamadas originadas nas redes móveis). Aos valores acresce IVA à taxa legal em vigor.

    Ou então deslocar-se directamente a uma estação para saber as informações!
    2014-02-03 16:56:10
  • avatar
    JOSE ALBERTO SIMÃO PEREIRA MATIAS sr. TIGER não acho que seja a pessoa que fez a encomenda que tenha de contactar e sim ser contactada e com a brevidade e a celeridade necessárias para um bom serviço da parte dos serviços aduaneiros , pelo facto desta não saber a causa do impedimento de não receber a mesma encomenda e sim os serviços aduaneiros que deveriam informar atempadamente a pessoa em questão e não o fazem são incompetentes e prepotentes e isto só se passa neste pais de gente sem carácter e ignobil, se pedir a mesma encomenda a chegar a nossa vizinha espanha a mesma é recebida em minha casa em menos de metade do tempo ja reencaminhada por um conhecido em espanha para portugal, é vergonhoso o que a alfandega portuguesa faz sr. TIGER
    2014-05-26 13:37:43
  • avatar
    JOSE ALBERTO SIMÃO PEREIRA MATIAS ou muito me engano ou o senhor é funcionário desta mesma alfandega será sr. TIGER
    2014-05-26 13:39:16

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Faça login e regresse novamente a esta página para comentar.